A Arte de Lidar Com as Próprias Falhas

Muitas pessoas alimentam a ideia de que ser um verdadeiro seguidor de Cristo é o mesmo que ser perfeito, infalível. Não é isso que a Palavra nos revela acerca dos filhos do Senhor. Se você achou que o padrão mínimo para a caminhada da fé era a perfeição, achou errado. Enquanto nos aprofundamos nos relatos da Bíblia sobre pessoas notoriamente usadas por Deus, percebemos, sem dificuldades, que esses heróis da fé cometeram grandes falhas durante a jornada – e nem por isso foram descartados ou odiados pelo Senhor. Moisés: a Palavra nos diz que ele interagia com Deus como um amigo (Ex 33:11). Além disso, a Bíblia chega a afirmar que Moisés era o homem mais humilde do planeta (Nm 12:3). Como uma pessoa neste nível poderia falhar? O capítulo 20 de Números narra um evento onde Moisés desobedeceu o Senhor e recebeu um castigo: foi impedido de entrar na Terra Prometida. Mesmo cometendo uma falha gigantesca, Moisés continuou sendo usado por Deus e foi salvo. Davi: foi chamado de “o homem segundo o coração de Deus” (1Sm 13:14). Sim, este é o mesmo rapaz que, quando jovem, derrubou um gigante com uma pedra através do poder do Espírito Santo. Seu grande erro? Após ver uma mulher nua se banhando, não resistiu à tentação e a tomou para si, mesmo sendo ela casada. Como se não bastasse, planejou e executou a morte de seu marido, Urias (2Sm 11:15). Colheu as consequências até a morte, mas isso não o afastou do amor do Pai. Elias: um profeta usado poderosamente pelas mãos do Senhor. Impediu que houvesse chuva por três anos e meio (1Rs 17:1). Porém, quando ameaçado ferozmente por uma rainha sanguinária, encheu-se de medo e fugiu, chegando a desejar a própria morte (1Rs 19:3-4). Apesar do momento de medo e fuga, continuou realizando maravilhas e foi levado por Deus ao céu por um redemoinho (2Rs 2:11). Além destas, há inúmeras outras histórias onde encontramos grandes falhas cometidas por grandes servos do Senhor. Você se considera uma pessoa falha? Bem-vindo(a) ao clube! Todos nós estamos sujeitos a cometer erros. Isso faz parte do processo. As falhas nos mostram a necessidade da mudança. O fato de reconhecê-las nos transforma em melhores pessoas. O mais importante: seus erros não apagam o amor de Deus. Ele quer te usar independentemente das suas imperfeições. O Espírito Santo começou um trabalho em sua vida e obviamente os erros aparecerão para serem tratados. Tenha paciência e não se martirize. Tenho certeza de que aquele que começou a boa obra em vocês irá completá-la até o dia em que Cristo Jesus voltar. – Filipenses 1:6 Nem altura nem profundidade, nada, em toda a criação, jamais poderá nos separar do amor de Deus revelado em Cristo Jesus, nosso Senhor. – Romanos 8:39

Deixar uma resposta