Basta a Cada Dia o Seu Mal

Leia gratuitamente três livros por mês através do aplicativo do autor (Android).

Se tinha alguém que sabia gerenciar bem as emoções, este alguém era Jesus. Foi Ele mesmo que nos deixou a preciosa frase “basta a cada dia o seu mal”. Os escritores dos Evangelhos da Bíblia não deixaram de registrar os momentos em que o Senhor Jesus demonstrou claramente suas emoções, como, por exemplo, o caso em que derrubou mesas de comerciantes mal-intencionados nos templos (Mt 21:12) e quando chorou diante do túmulo de Lázaro (Jo 11:35), seu amigo. Sendo assim, podemos ver que Jesus tinha emoções, mas jamais pecou sujeitando-se a elas.

Podemos confiar nas palavras do Filho de Deus, visto que Ele mesmo ensinou com a própria vida como devemos ser: mansos e humildes.

Tomem sobre vocês o meu jugo. Deixem que eu lhes ensine, pois sou manso e humilde de coração, e encontrarão descanso para a alma. – Mateus 11:29

E foi Ele mesmo que nos deixou a seguinte instrução:

“Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará suas próprias inquietações. Bastam para hoje os problemas deste dia.” – Mateus 6:34

Bastam para hoje os problemas deste dia” ou “Basta a cada dia o seu próprio mal“, dependendo da tradução. Esta não é uma dica de um coaching famoso ou uma frase de um livro de autoajuda, muito mais do que isso, esta é uma instrução do próprio Deus e obviamente Ele espera que nós a obedeçamos.

Basta cada dia o seu mal. Devemos pensar assim.

Como Não Se Preocupar Com o Amanhã

Não temos um botão para desligar as tensões que o futuro gera em nossas mentes, entretanto, podemos dialogar com os pensamentos para encontrarmos um ponto de equilíbrio. Precisamos adotar fortes argumentos e nos apegar a eles. Estes argumentos gerarão padrões de pensamento resistentes na medida em que forem repetidos e compreendidos.

1° argumento: se um evento futuro for me causar desgaste, não sofrerei antes do dia em que ele irá ocorrer. Deixarei qualquer sofrimento para seu dia específico e não vou repeti-lo inutilmente nos dias anteriores.

2° argumento: sofrer antes do evento não o transformará. Sofrer por antecedência é algo completamente inútil.

Participe agora mesmo do canal do autor no Telegram para participar dos sorteios semanais!

3° argumento: na maioria das vezes, a ansiedade nos traz mais sofrimento do que o evento em si. As chances de maximizar algum possível problema são enormes, portanto, não alimentarei o medo.

Estes são apenas 3 argumentos que trabalham contra as tensões geradas pelo medo do amanhã. Precisamos ativá-los, alimentá-los e elaborar novos argumentos conforme a necessidade.

Delimitar o Dia (BASTA a cada dia o seu mal)

Quando começar um novo dia, estabeleça os limites dele. Como assim? Explicarei melhor.

Às vezes, iniciamos a rotina sofrendo por coisas que sequer acontecerão nas próximas 24 horas, isto é, problemas de dias futuros. É necessário ser firme consigo mesmo(a) ao pensar “Lutarei pelos problemas de hoje. Amanhã lutarei com os problemas de amanhã“. Agindo assim, você estabelece os limites das suas preocupações, ou seja, as próximas horas deste mesmo dia.

Pensando assim, você estará, de fato, aplicando a filosofia “basta a cada dia o seu mal”.

Ter Fé Naquele Que Sustenta Todas as Coisas

Pois todas as coisas vêm dele, existem por meio dele e são para ele. A ele seja toda a glória para sempre! Amém. – Romanos 11:36

Preste atenção no trecho “existem por meio dele“. Imagine as gigantescas mãos do Senhor segurando o seu mundo. Sim, o seu mundo interior e exterior. Suas necessidades, todas elas, estão sobre essas poderosas mãos. Tudo existe por meio Dele, ou seja, é sustentado por Seu grande poder.

Se o Senhor Jesus nos disse para não nos preocuparmos com o amanhã, então podemos descansar, pois Ele deixou claro através dessas palavras que não há motivos para desesperos. O Pai está cuidando de tudo e Ele sabe que nós temos a forte tendência para sofrer antes do tempo, pois nutrimos a ilusão de que temos poder sobre o amanhã quando, na realidade, mal conseguimos lidar com as próximas 24 horas.

Este artigo termina aqui, mas a urgência não. Pense nas coisas que leu acima e comece a mudança imediatamente. É uma questão de saúde física, mental e espiritual. Viva o hoje, o agora, não de modo irresponsável, é claro, mas de modo saudável… como Jesus viveu.

Conheça os testes gratuitos para descobrir seu temperamento, medir sua ansiedade, etc.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *