Coronel Sanders: Do Fracasso ao Sucesso

Você conhece a sensação de chegar à terceira idade da vida crendo que toda a sua vida foi um fracasso? Existe um homem, chamado Harland David Sanders (mais conhecido como Coronel Sanders), que conhece bem este sentimento, mas deu a volta por cima e hoje é um símbolo de sucesso e superação.

Coronel Sanders

Sanders teve uma infância sofrida. Nascido em Henryville, Indiana, no ano de 1980, teve que sofrer na pele os castigos da pobreza logo em seus primeiros anos de vida. Com apenas cinco anos de idade, Wilbert Sanders, seu pai, faleceu deixando para trás sua esposa e outros filhos.

Harland se viu obrigado a cuidar de seus irmãos e de sua casa, “substituindo” seu pai, isso aos sete anos de idade, pois sua mãe havia conseguido emprego em uma fábrica de conservas. Neste período, Sanders (Coronel Sanders)deu seus primeiros passos no rumo culinário, aprendendo e desenvolvendo habilidades como cozinheiro.

Durante sua juventude, entre os 10 e os 20 anos de idade, Sanders também arranjou emprego, em uma fazenda, na qual exigia seu tempo integral. Isso o levou a abandonar a escola, destruindo assim, o sonho de qualquer futuro.

Sua fase adulta foi marcada por muito trabalho e muitas demissões. Harland Sanders trabalhou como bombeiro, vendedor, agricultor, motorista, gerente e até mesmo como soldado, mas nada disso fez dele um homem totalmente satisfeito.

Em 1947, Sanders se divorciou de Josephine King, o que o deixou muito abalado e desesperançoso. Tentando se reerguer novamente, Sanders concluiu um curso de Direito e conseguiu exercer a função, entretanto, após discutir publicamente com um de seus clientes no tribunal, teve seu nome manchado no meio jurídico e jamais conseguiu emprego nesta área novamente.

Como último recurso, Harland começou a vender frangos em um posto de gasolina no estado de Kentucky. Com o passar do tempo, decidiu vender também refeições completas para os caminhoneiros que passavam pelo posto.

Reconhecido por suas habilidades culinárias, sua popularidade cresceu de forma absurda. Sanders conseguiu adquirir um motel e, em seu lugar, construiu seu próprio restaurante. Harland permaneceu neste negócio por nove anos.

Quando as coisas pareciam finalmente ir bem, uma estrada interestadual foi construída próxima ao restaurante em que Coronel Sanders trabalhava. Esta mesma estrada diminuiu significativamente o número de motoristas que passavam em frente ao restaurante, sendo assim, o número de clientes também caiu.

Chegando à casa dos 60 anos, Sanders se viu sem amor, sem sucesso e sem tempo para reverter o quadro de fracassos. Dizem que Sanders cogitou o suicídio, o que não é de surpreender, considerando sua situação neste caso. A verdade é que, aos 62 anos de idade, Harland Sanders decidiu dar a volta por cima e percorreu dois terços dos Estados Unidos em busca de alguém que patrocinasse sua “receita secreta” para fazer um bom frango frito.

Depois de muita busca, finalmente os talentos de Sanders foram valorizados e então nascia a franquia Kentucky Fried Chicken (KFC), franquia de restaurantes que conta com milhares de unidades em todo o planeta.

E a pergunta que fica é esta: e se Sanders decidisse tirar a própria vida? Veja só tudo o que ele poderia ter deixado de realizar!

Harland David Sanders faleceu aos 90 anos de idade, vítima de Câncer. Como muitos desejam, Sanders teve a oportunidade de viver seus últimos anos de vida trabalhando com aquilo que gostava, ganhando dinheiro e fama a cada novo dia que passava.

A esperança não deve morrer até que todas as possibilidades estejam esgotadas… mas o engraçado é que sempre há possibilidades.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.