Dicas Lucrativas Para Novos Escritores

Não raramente encontro novos escritores – ou até escritores de longa jornada – pedindo algumas dicas para aumentar as vendas de seus queridos livros. Muitos não alavancam as vendas por falta de pesquisas, enquanto outros, por falta de ousadia. Atualmente (23/11/21) vendo diariamente em torno de 170 a 220 e-books na Amazon e de 30 a 60 e-books na Google. Há várias outras plataformas em que minhas obras são vendidas, mas o número de vendas é bem pequeno, todavia o lucro mensal é satisfatório. Talvez você já tenha ultrapassado estes números e esteja satisfeito(a), mas todas as dicas são válidas, afinal, quem não deseja aumentar seus lucros? Então vamos às dicas! KDP Select Não, eu não indicarei o programa KDP Select, pelo contrário, a minha primeira dica é: observe suas vendas sem o KDP Select. Este famoso programa da Amazon, que promete ajudar os escritores, exige a exclusividade para distribuição da obra em formato digital. Isso significa que, integrando um livro ao programa, você não poderá vendê-lo em qualquer outra plataforma enquanto formato digital. Todos os meus livros faziam parte da KDP Select. Um certo dia decidi mudar. Aos poucos fui retirando as obras do programa e vendendo em outras plataformas como a Google, por exemplo. Minha vida mudou. Logo nos primeiros meses vendendo através da Google Play Store, lucrei aproximadamente R$ 1.700 no mês. Na época, em comparação com as vendas na Amazon, esse resultado me chocou. Percebi então que tornar minhas obras exclusivas não era tão boa ideia. Portanto, pense nisso. Vale a pena tentar arriscar uns 6 meses fora da KDP Select para conhecer outras lojas? Na minha opinião, sim. Há um mundo fora da Amazon e é interessante conhecê-lo. Uiclap Uma das frustrações enfrentadas por inúmeros autores iniciantes é a falta de oportunidades para a publicação da versão física do livro. Fechar contrato com uma editora brasileira para fabricação dos livros pode custar uma fortuna. Além de tudo, a maioria das editoras – ou talvez todas – exigem uma demanda de fabricação mínima como, por exemplo, 100 unidades. Haja marketing para a venda de 100 livros! Trabalho com a empresa Uiclap há bastante tempo e não tenho do que reclamar. Eu mesmo gravei o unboxing da primeira vez que recebi os livros que solicitei. A Uiclap funciona da seguinte forma: você cria uma conta, envia seu pdf, sua capa, edita os dados do livro, escolhe o preço, alguns detalhes de fabricação e pronto, seu livro estará à disposição para qualquer pessoa efetuar a compra. Não há demanda mínima. Se seu leitor quiser apenas uma unidade, ele terá. Blog Provavelmente você se cansou de ouvir esta dica, entretanto é importante ressaltá-la. Tenha um blog, simples. Vamos supor que você finalizou sua primeira obra e não sabe o que fazer. Enquanto não surge a inspiração para um segundo livro, escreva em seu blog. Eu vejo o blog como uma atividade produtiva entre os livros. Enquanto não inicio outra obra, foco no blog e o alimento semanalmente. Alguns artigos terão como leitores apenas você e algum parente puxa-saco, no entanto, haverá outros que cairão na graça do público. O blog é uma arma de atração para novos leitores. Imaginemos que uma questão é buscada na internet e seu site é indicado. O leitor clica no link, se apaixona pela sua forma de escrever e procura conhecer melhor seu trabalho. Eureca! Mais um leitor! Vale lembrar que você pode monetizar o seu blog, isto é, inserir banners e outros elementos de marketing terceirizado (Google Adsense trabalha dessa forma). Você pode receber por cliques e/ou por visualizações. Preços Acessíveis Esta é uma das dicas mais importantes! Se eu a tivesse seguido desde o início, talvez hoje estaria rico… ou quase. Para autores iniciantes, na maioria das vezes, menos é mais. Não quero ser chato, caro(a) escritor(a), mas, enquanto você não alcançar fama nacional, dificilmente alguém gastará mais do que R$ 5 para ler o que você escreve. Não estou afirmando que é impossível, mas sim difícil. O título pode ser chamativo e a capa fascinante, contudo, sem fama não haverá muitas vendas. Depois deste banho de água gelada, deixo-lhe a dica: cobre valores absurdamente baixos, pelo menos por enquanto. Quando passei a cobrar menos, chegando a vender alguns e-books por aproximadamente 60 centavos cada, minhas vendas aumentaram em 1.000% (sem exageros). Você tem o direito de discordar ou não crer em minhas palavras, mas não desperdice a chance de tentar. A vida de um escritor autônomo se baseia em tentativas, acertos e erros. Livro Gratuito Assim como o blog, o livro gratuito também funciona como forma de atrair novos leitores. Considero esta estratégia a mais eficiente para divulgação de outras obras. Neste exato momento, por exemplo, meu livro 15 Incríveis Truques Mentais permanece entre os mais baixados gratuitamente na Amazon enquanto o livro Estratégias Gratuitas de Marketing Digital também se posiciona entre os mais baixados na Google. Se você possui um livro chamativo e não se importa em disponibilizá-lo gratuitamente, deixe-o gratuito agora mesmo e o use a seu favor. Você pode usar esta tática para colecionar leads e deixar seu nome mais conhecido. Experimente também fazer propagandas dentro do e-book gratuito, mas sem exageros, ok? *** Existem outras estratégias eficientes e lucrativas que transformarão a sua carreira como escritor, mas as deixarei para quem quiser adquirir o meu curso Vivendo da Escrita, até porque não faria sentido disponibilizar totalmente meu conteúdo pago em um artigo público. Boa sorte e boas vendas!

Deixar uma resposta