Efeito Zeigarnik e Sua Relação Com a Satisfação

Leia gratuitamente três livros por mês através do aplicativo do autor (Android).

O que o Efeito Zeigarnik tem a ver com o sentimento de gratidão, satisfação e o bom aproveitamento da vida? Descubra e transforme sua forma de ver a vida.

Durante uma aula do professor Kurt Lewin, em meados do século XX, a aluna Bluma Zeigarnik achou interessante um fato que Kurt havia percebido nos restaurantes de sua cidade e contado à classe.

Lewin contou aos alunos sobre ter reparado nos restaurantes que os garçons lembravam-se muito mais facilmente dos pedidos que ainda estavam em espera do que dos pedidos que já haviam sido concluídos.

Bluma, curiosa em relação ao porquê deste fenômeno, decidiu pesquisar a respeito. Teve e ideia de realizar um experimento com algumas pessoas.

O experimento consistia em fornecer aos participantes algumas tarefas para serem realizadas em um período de tempo, porém, estes participantes eram interrompidos inesperadamente durante a execução das atividades.

Ao questionar os participantes sobre o que estavam fazendo, Zeigarnik chegou à conclusão de que os participantes lembravam-se mais das atividades não terminadas do que as terminadas.

Participe agora mesmo do canal do autor no Telegram para participar dos sorteios semanais!

Ou seja, através dos estudos de Bluma foi comprovado que o ser humano gasta muito mais a sua memória e concentração com aquilo que ainda não finalizou ou realizou do que com aquilo que já foi finalizado e realizado. Este fenômeno foi chamado de Efeito Zeigarnik.

Enxergamos aí um grande perigo para a paz e alegria de uma pessoa. Isto explica muita coisa.

Se analisarmos a vida das pessoas à nossa volta, perceberemos que o homem corre incessantemente atrás de objetivos que ainda não conquistou enquanto os vários objetivos já conquistados caem no mar do esquecimento.

Fernando trabalha 12 horas por dia e faz hora extra nos feriados para trocar de carro anualmente e comprar sua própria fazenda, mas se esquece da família linda que possui e não aproveita tudo aquilo que já conquistou.

Raquel trabalha durante o dia e estuda em seu tempo livre à noite para se formar em seu curso de mestrado enquanto seu noivo nem se lembra mais do que é ter um verdadeiro tempo de qualidade com sua paixão.

Assim funciona a mente. Se preocupa e se desgasta com o que não tem, mas deixa escapar aos poucos pelos dedos o vasto número de presentes que Deus, a vida e seu suor lhe deram.

Conheça os testes gratuitos para descobrir seu temperamento, medir sua ansiedade, etc.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *