ENCONTROS E DESENCONTROS – Parte 1: O Desencontro

Quando nos apaixonamos por alguém costumamos prestar atenção se os olhos são brilhantes, se o nariz é perfeito, se os dentes são branquinhos, etc. Mas precisamos aprender com o verdadeiro e único Especialista em amor, o que realmente importa para vivermos um romance lindo, saudável e duradouro. Nossa história começa em Gênesis, a partir da vida de um cara chamado Jacó. Jacó estava fugindo de casa, por causa do problema que teve com seu irmão Esaú, em relação ao direito de primogenitura (receber a bênção especial, uma herança maior). Após enganar seu irmão para conseguir a bênção, Jacó fugiu de casa. Ele chegou até a casa de seu tio Labão, onde começa a parte da história que nos interessa, que está em Gênesis 29:14-25 (é importante você conferir o texto antes de continuar). Como toda boa história, vamos começar pelo desencontro, até porque, infelizmente, na maioria das vezes precisamos primeiro passar por um desencontro, para apenas depois sabermos reconhecer um verdadeiro encontro planejado pelo Senhor. Jacó se apaixonou por uma jovem chamada Raquel, e se esforçou demasiadamente pelo seu amor (mais do que a maioria dos homens faria hoje em dia). Contudo, apesar de todo o esforço e amor, ele acabou sofrendo um desencontro! Jacó acabou se casando por engano com Leia, a irmã mais velha de sua amada. O que nos leva a indagar: PORQUE DESENCONTROS ACONTECEM? A resposta está no verso 25 do capítulo 29 de Gênesis: “Só na manhã seguinte Jacó descobriu que havia dormido com Leia” – Os desencontros ocorrem porque geralmente estamos desatentos! Jacó só percebeu que havia sido enganado quando já era tarde demais. Ali seu ato já estava consumado, e a partir de então ele teria de conviver por toda a vida com as consequências de seu desencontro. Então, se você deseja fugir dos desencontros que esta vida nos prepara muitas vezes, precisamos estar atentos ao que a Palavra nos diz, ao que o nosso Especialista nos ensina a respeito de relacionamentos amorosos, e assim poderemos caminhar com nossos corações, nossa felicidade e nosso futuro seguros. Para isso, vamos tomar emprestadas algumas lições do Pr. Cláudio Duarte, para estarmos alertas a respeito de eventuais desencontros: 1. Cautela! Não se deixe levar pela primeira opção! Leia seria a primeira opção de Jacó, pois naquele tempo, naquela terra, o costume ditava que a filha mais velha deveria casar antes da mais nova (v. 26). Mas nem sempre a primeira opção é a mais adequada. Pelo contrário, a primeira opção geralmente é a mais impensada, porque agimos movidos por impulso. Pense nas opções que a vida tem te dado: você tem refletido e escolhido a mais adequada, ou tem se deixado levar pela primeira opção, a mais fácil, a mais cômoda? Jacó provavelmente estava se sentindo sozinho, foragido de casa, longe da família. Talvez, se ele tivesse escolhido Leia por conta própria, nem precisaria esperar e trabalhar, como teve de fazer por Raquel (v. 18). Mas não era o que ele queria! Ele queria um amor de verdade! Não se deixe levar por carência, solidão, e coisas do tipo. Somos todos humanos e é normal nos sentirmos assim as vezes, mas o que Deus tem pra você é mais do que um estepe! É algo real, verdadeiro e duradouro! 2. Atenção! Todos temos defeitos, contudo, não é com todos os defeitos no outro que somos capazes de lidar, ainda mais em uma estreita convivência durante toda a vida. E algumas vezes, não se trata nem mesmo de defeitos, mas apenas de características com as quais não conseguimos lidar. Afinal, existem pessoas de todos os tipos e para todos os gostos, com temperamentos e personalidades diferentes, porque nosso Deus é criativo! E com certeza, no meio dessa diversidade de pessoas, existe alguém para nós. Então, não se iluda, se envolvendo com alguém que possui um defeito ou característica que você não suporta, porque isso roubará, e muito, a qualidade do seu relacionamento e minará a felicidade de vocês como casal. 3. Identidade de propósitos! Quando duas pessoas se casam, sabemos que elas se tornam uma só carne (Gn. 2:24). Como duas pessoas que pretendem andar em direções opostas podem viver como uma só pessoa? Isso é impossível! Se você quer dedicar a sua vida a conhecer e servir a Deus busque alguém que possua esse mesmo propósito! Frases do tipo: “não existe alguém pra mim dentro da igreja” ou “os opostos se atraem”, são a maior ilusão já inventada para nos tirar a oportunidade de viver um relacionamento pleno e abundante. Aqui Deus lançou um princípio, e um relacionamento não pode ter sucesso se não for construído de acordo com este princípio, que determina que marido e mulher devem viver como um só! Se queremos ter um romance realmente lindo e duradouro, precisamos tornar esse princípio algo real em nossos relacionamentos. É triste ver como muitos casamentos acabam simplesmente porque as pessoas não pararam para analisar antes que entre elas não existia uma compatibilidade de propósitos. Isto é muito sério! Aquilo que construímos fora dos princípios do Senhor apenas gera perdas, marcas e muito sofrimento. E isso não é para nos trazer peso, mas para nos alertar, nos dar sabedoria para escolhermos certo. Deus tem um futuro lindo pra você, escolha vive-lo! Continua…

Deixar uma resposta