Medo (In)Consciente da Rejeição: Será que você tem?

Leia gratuitamente três livros por mês através do aplicativo do autor (Android).

Talvez você pense: “Eu com medo da rejeição? Jamais!”. Te convido a pensar sobre isso hoje. Pode ser que você tenha uma revelação bombástica acerca de si mesmo(a).

O medo da rejeição pode ser consciente ou inconsciente. Em muitos casos, percebemos claramente o medo da rejeição, mas em outros não. Algumas manifestações emocionais são consequências deste medo e, na maioria das vezes, parecem não ter ligação nenhuma com ele.

Vamos refletir sobre alguns comportamentos que podem ser resultado do medo da rejeição:

  • Perda do desejo de se relacionar socialmente, isto é, se isolar da sociedade.
  • Medo da exposição, que muitas vezes atinge níveis desesperadores.
  • Carência exagerada.
  • Necessidade excessiva de reconhecimento.
  • Perfeccionismo ou simplesmente a auto cobrança exacerbada.
  • Vaidade incomum.
  • Preocupações constantes com o que dizem a seu respeito.
  • Raiva intensa daqueles que aparentemente o(a) rejeitaram.
  • Tristeza profunda diante do sentimento de exclusão.

Se identificou com estes sintomas? Todos eles estão enraizados no medo da rejeição. Este medo pode ter sua origem na infância ou em algum trauma emocional ocorrido ao longo da vida.

Vítimas de bullying ou de uma família desestruturada geralmente carregam consigo o medo intenso da rejeição. Também podemos incluir neste time as pessoas que foram profundamente feridas em um relacionamento amoroso malsucedido.

Participe agora mesmo do canal do autor no Telegram para participar dos sorteios semanais!

Se este for o seu caso, corra urgentemente para os braços de Deus e clame pela cura! Além disso, busque pessoas de confiança para compartilhar este problema. Este medo ceifa a liberdade, atrapalha a vida em sociedade e pode prejudicar uma vida permanentemente.

Não mendigue a aprovação humana. As pessoas são imperfeitas, assim como eu e você. Somos todos pó e para o pó voltaremos. Apenas uma única aprovação importa: a do seu Criador. Ele te planejou, lhe deu vida e estará ao seu lado eternamente.

Sendo assim, por que a aprovação das pessoas, meras mortais pecadoras, é tão importante para você? Liberte-se! Que Deus lhe abençoe.

Será que uma mãe pode esquecer do seu bebê que ainda mama e não ter compaixão do filho que gerou? Embora ela possa se esquecer, eu não me esquecerei de você! – Isaías 49:15

Conheça os testes gratuitos para descobrir seu temperamento, medir sua ansiedade, etc.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *