Opções Comportamentais, Quantas Você Têm?

Somos programados para ter comportamentos padrões em várias situações, no entanto, podemos estender nossas opções comportamentais. Entenda mais.

Quer publicar um livro e viver das suas obras? Conheça o curso Vivendo da Escrita do autor Danilo H. Gomes e mude de vida.

O ser humano é uma incrível máquina cheia de opções e recursos interessantíssimos! Um mesmo indivíduo pode ter diversas reações de acordo com o contexto da situação. Alguns estão presos em seus comportamentos impulsivos, entretanto, existem aqueles que sabem explorar suas opções comportamentais.

Opções comportamentais… Sabe do que se trata? Talvez o nome sugestivo te dê a noção de que trata-se de opções de comportamento (óbvio, não?). Digamos que este palpite esteja correto.

A personalidade de um indivíduo o induz consciente ou inconscientemente a ter certos comportamentos padronizados. O sujeito de personalidade explosiva ira jogar seu celular na parede em um momento de ira, enquanto o de personalidade mansa sentará e irá aguardar a ira cessar.

Quando paramos para explorar nossas opções comportamentais, temos a oportunidade de refletir sobre o que podemos fazer em relação às situações do cotidiano. Quantas opções temos diante da raiva, por exemplo? Refletimos sobre estas opções?

Vamos fazer um teste agora. Responda mentalmente: se te humilharem publicamente, qual destas opções é a que você escolhe no calor do momento?

a) Não abaixar a cabeça e devolver na mesma moeda. b) Proferir inúmeras palavras de baixo calão. c) Partir para a agressão física. d) Não reagir.

Leia gratuitamente três livros por mês através do aplicativo do autor (Android).

Se a alternativa escolhida foi a alternativa D, então sabemos que nesta situação sua mente tem escolhido a opção comportamental correta (afinal, violência gera violência). Mas o que podem fazer aqueles que somente conseguem reagir de forma agressiva?

É então que se faz necessário o uso das opções comportamentais.

Esta técnica consiste em, diante de uma situação, abrir mentalmente o leque de opções comportamentais disponíveis para o momento e escolher a menos agressiva.

Ou seja, ao invés de se entregar aos instintos impulsivos e escolher a primeira opção comportamental, o correto em cada situação é averiguar diligentemente quais comportamentos podem ser aplicados e escolher a melhor solução.

Alguém te xinga no trânsito… O que a maioria faria? Xingaria de volta.

Porém, alguém que sabe explorar suas opções comportamentais teria as seguintes opções: ignorar / dar um “joia” / sorrir / pedir desculpas por qualquer erro / responder sem usar qualquer palavra chula.

Sempre existirão opções comportamentais, basta saber utilizá-las.

Participe agora mesmo do canal do autor no Telegram para participar dos sorteios semanais!

Conheça os testes gratuitos para descobrir seu temperamento, medir sua ansiedade, etc.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *