Pare de Reclamar da Vida e Comece a Agradecer

Se tem um hábito presente na vida da maioria das pessoas, é o hábito de reclamar. Reclamamos do calor, do frio, do corpo, da mente, do governo, do povo, da demora, da pressa, da falação, do silêncio, do trabalho, do desemprego, do ser humano e até de Deus. Que hábito nocivo para o ser humano! Esta é uma dificuldade que tenho enfrentado ultimamente. Na minha infância fui muitas vezes classificado como “menino chorão”… sim, eu reclamava de tudo! Cresci, muitas coisas mudaram (ainda bem!), no entanto, é comum me encontrarem reclamando algo aqui ou acolá. Sinto que o Senhor tem cobrado da minha parte uma atitude a respeito. Afinal, quando reclamo das circunstâncias, também estou reclamando da provisão de Deus. Se reclamo é porque estou vivo, e se estou vivo é porque Deus me abençoou com vida. Vamos imaginar uma situação estranha. Um indivíduo está caminhando pela rua e reclama: “que droga de vida!”. No mesmo instante este sujeito tem um infarto e morre. Deus, lá de cima, olha e diz “pronto, meu filho, problema resolvido”. Aposto que morrer não seria o desejo deste personagem naquele momento. Ainda bem que Deus prefere ignorar as nossas reclamações, pois se despertássemos a sua ira com a nossa constante insatisfação, certamente a população humana teria sido dizimada há séculos. Não vou suscitar questões relacionadas ao valor que damos a vida ou algo assim, visto que a minha intenção hoje é te despertar para que perceba o quanto você pode estar desagradando ao Pai com seu comportamento desgostoso. Se fôssemos falar sobre o valor que há no simples ato de viver, teríamos uma postagem gigantesca. Na carta bíblica escrita por Judas (não o traidor), o encontramos criticando o comportamento dos ímpios que se infiltram na Igreja com más intenções. Entre estes comportamentos, veja o que Judas aponta: Pois certos homens, cuja condenação já estava sentenciada há muito tempo, infiltraram-se dissimuladamente no meio de vocês. Estes são ímpios, e transformam a graça de nosso Deus em libertinagem e negam Jesus Cristo, nosso único Soberano e Senhor.
[…]
Essas pessoas vivem se queixando e são descontentes com a sua sorte, seguem os seus próprios desejos impuros; são cheias de si e adulam os outros por interesse.

Judas 1:4, 16 (ênfase acrescentada) Você quer ser visto(a) como alguém que “vive se queixando e é descontente com a própria sorte”? Você crê que Deus te ama e cuida da sua vida? Você crê que Deus lhe abençoa diariamente? Lancem sobre ele toda a sua ansiedade, porque ele tem cuidado de vocês.

1 Pedro 5:7 Então por que reclamar tanto? Vigie suas palavras. Substitua as reclamações por glorificações a Deus e eu garanto que seu olhar para com a vida mudará completamente.

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.