Perseverança

Atos 2:47-42 (ler ao contrário mesmo, pelas frases.) E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade. Todos os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações. – Atos 2:42-47 (v. 47) Louvavam a Deus, demonstrando amor e reverência. Eles contavam com a simpatia de todo o povo, exerciam santa influência. Enquanto louvavam, o Senhor acrescentava à Igreja aqueles que eram salvos. ► Leia também: O Discípulo e o Religioso Atos 5:13 – Para caminhar com aquela Igreja era preciso ter santidade. O caminhar dos filhos de Deus com seriedade gera um ambiente de santidade. Dos demais, ninguém ousava juntar-se a eles, embora o povo os tivesse em alto conceito. – Atos 5:13 Quando há louvor verdadeiro e testemunho de Cristo, há um local e ambiente onde o poder de Deus é visto (v. 42). Precisamos ter perseverança para o surgimento deste ambiente. Perseverança é persistir e persistir com diligência. Diligência = fazer até o fim e fazer bem feito. Devemos nos questionar: o que é dispensável e o que é indispensável? (v. 42) Existem quatro pontos indispensáveis para a Igreja. 1. Perseverar na doutrina dos apóstolos: esta doutrina é apresentada em Efésios 2:20. É o próprio Jesus, o fundamento da Igreja. Ler para comprovar: 1Co 1:23; 2:2; 3:11; Ef 1:9-10; Cl 1:13-20 ; Hb 1:1-4; 1Jo 1:1-3. 2. Perseverar na comunhão: Hebreus 10:25,26. Se não congrego com meus irmãos, estou pecando. Deus quer filhos que perseverem na comunhão. A comunhão deve fazer parte das prioridades do cristão. 3. Perseverar no partir do pão: não confunda com comilança. É preciso repartir o pão, proclamando o fim do individualismo. Quando fazemos isso, nos sujeitamos aos irmãos. Ler João 5:1-7. Betesda = casa de misericórdia = Igreja. Ler Gálatas 6:2. 4. Perseverar nas orações: oramos pouco e somos vencidos pela desistência. Devemos orar constantemente. A Igreja, por muitas vezes, se considera derrotada por orar pouco. – Sermão pregado por Pr. João M. Mantello, dia 21/03/21 em Araçatuba/SP

Deixar uma resposta