Relaxamento Mental e Seus Benefícios

O cérebro, assim como um computador, também precisa de cuidados para não “superaquecer”. Somente o sono não basta. Você já testou o Relaxamento Mental? Existem aqueles que creem que o relaxamento mental é um ato somente praticado pelos budistas, e quem pratica tal atividade é automaticamente adepto de Buda. Mesmo que você não seja seguidor de Buda, saiba que o relaxamento mental, a meditação e o hábito de “tomar um ar”, são práticas frequentes dos mais variados tipos de pessoas no mundo. Alguns psiquiatras afirmam categoricamente que o grande mal da nossa geração é o fluxo frenético de pensamentos que passam pelas nossas mentes. Trata-se do descontrole e desordem presentes no mais profundo do ser, onde não há silêncio, apesar de ser extremamente necessário às vezes, e não somente na hora de dormir. Se acumula na consciência e subconsciência o excesso de pensamentos passados, presentes e futuros: lembranças que incomodam, informações que não podem ser esquecidas, a atividade do momento, os compromissos do fim do dia, os de amanhã, os da semana que vem e assim por diante. Diante desta bagunça barulhenta, o organismo grita por socorro. Se praticado por pelo menos 30 minutos por dia, o relaxamento mental é capaz de gerar resultados poderosos como maior autocontrole, melhor memória e melhor velocidade de raciocínio. Não será necessário mais do que um celular, um fone de ouvido e um ambiente quieto. Iniciando o Relaxamento Mental Certifique-se de que ninguém lhe incomodará pelos próximos minutos. Fique sentado confortavelmente sobre o sofá ou a cama. Programe o celular para despertar dentro de 30 minutos. Coloque os fones de ouvido e escute alguma música instrumental relaxante (nada de músicas com vozes). Feche os olhos. Enquanto a música prossegue, respire e expire profundamente, sem pressa nenhuma. Tente não pensar em absolutamente nada, apenas admire a escuridão proporcionada pelos olhos fechados e concentre-se em sua respiração. Automaticamente surgirão pensamentos intrusivos, escute-os, mas logo se despeça deles. Se perceber que algum pensamento tomou sua atenção por muito tempo, elimine-o imediatamente. Permaneça assim até o despertar do celular. Abra os olhos. Mantendo a Rotina O relaxamento é um exercício que deve ser praticado todo dia, porém para que seja plenamente prazeroso é necessário ter prática. Para iniciantes, recomenda-se a prática do relaxamento mental por pelo menos três vezes na semana. Os efeitos aparecem logo após a primeira semana, se os relaxamentos forem efetuados corretamente. O tempo recomendado de relaxamento mental varia de pessoa para pessoa, e também do quanto o indivíduo aprendeu a gostar deste exercício. Como Saber Se Estou Fazendo Corretamente Se realizado da forma correta, o relaxamento mental irá proporcionar ao praticante um sentimento único de plena paz alguns minutos após o início do exercício. Caso este sentimento não seja experimentado, provavelmente os pensamentos intrusivos não estão sendo eliminados, sendo assim, a mente se concentra e gasta energia de forma desnecessária, o que prejudica o surgimento de tal paz. Insira esta prática em sua rotina e se surpreenda com o que uma dose de fuga do dia a dia pode proporcionar.

Deixar uma resposta