Se Sente Abandonado(a) por Deus? Isso Pode Ser Uma Evolução!

Quem nunca se sentiu abandonado(a) pelo Senhor em algum momento da vida? Há tempestades tão escuras em nossas vidas que, mesmo observando diligentemente, não encontramos luz acima das nuvens e cremos no abandono. Isso pode significar que estamos ficando iguais a Jesus.

Por favor, não se sinta ofendido(a). Não estou blasfemando contra Jesus nem mesmo questionando o amor de Deus. Minha intenção aqui é mostrar para você que, se queremos sermos iguais a Jesus para a glória de Deus, precisamos estar dispostos a passar pelas mesmas situações que Ele passou.

Infelizmente, no meio cristão, há muitos querendo o poder de Cristo sem suportar a ideia de passar pelos sofrimentos que nos moldam. É impossível sermos semelhantes a Jesus sem encarar o treinamento que mata a nossa carne. O sofrimento fortalece, enriquece, ensina e aumenta a fé, por mais paradoxal que tudo isso pareça.

Amados, não se surpreendam com as provações de fogo ardente pelas quais estão passando, como se algo estranho lhes estivesse acontecendo. Pelo contrário, alegrem-se muito, pois essas provações os tornam participantes dos sofrimentos de Cristo, a fim de que tenham a maravilhosa alegria de ver sua glória quando ela for revelada. – 1 Pedro 4:12,13

Abaixo há uma lista de sofrimentos que Jesus superou por amor à vontade do Pai:

  • vergonha

  • nudez

  • humilhação

  • pobreza material

  • rejeição

  • traição

  • falta de beleza

  • perseguição

  • fome

  • dor intensa

  • difamação

  • tentação

  • sentimento de abandono

  • entre outros.

Nosso Sumo Sacerdote entende nossas fraquezas, pois enfrentou as mesmas tentações que nós, mas nunca pecou. – Hebreus 4:15

E quanto ao sentimento de abandono?

Recebi essa palavra em meu coração justamente enquanto eu questionava a aparente omissão de Deus diante de um sério problema que enfrentei. Me senti abandonado… até o momento em que o Espírito Santo me trouxe reflexões acerca do seguinte acontecimento:

Por volta das três da tarde, Jesus clamou em alta voz: “Eli, Eli, lamá sabactâni?”, que quer dizer: “Meu Deus, meu Deus, por que me abandonaste?”. – Mateus 27:46

Até mesmo o sentimento de abandono Jesus sentiu. Hoje sabemos que Ele não foi abandonado, muito pelo contrário, foi ressuscitado ao terceiro dia e hoje está assentado à direita de Deus Pai por toda a eternidade.

Realmente… Não há nenhum sofrimento na jornada do cristão que Jesus já não tenha experimentado primeiro. Perceba a honra: eu, um mero mortal, enfrentando as mesmas lutas que Jesus enfrentou e venceu. Com certeza afirmo que cada situação fará de mim um homem mais parecido com Ele.

Você ama Jesus? Ama mesmo? Quer ser como Ele? Então esteja pronto(a) para frequentar a mesma escola que Ele frequentou… E olha que Ele foi o melhor da turma, hein?

Agora lhe trago um alento. Você não está abandonado(a). Talvez seja necessário experimentar o sentimento de abandono para também aprender a superá-lo. Leve hoje mesmo para o Senhor essas aflições e guarde os seguintes versículos no nível mais profundo da sua alma:

E estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o que existe hoje nem o que virá no futuro, nem poderes, nem altura nem profundidade, nada, em toda a criação, jamais poderá nos separar do amor de Deus revelado em Cristo Jesus, nosso Senhor. – Romanos 8:38,39

Deixar uma resposta