Fui Furtado, Mas Tive a Vitória

Era um dia comum como qualquer outro. Não tive nenhum pressentimento, não fui avisado por sonho nem recebi qualquer outro tipo de revelação. Orava frequentemente, meu casamento e minha vida profissional iam bem. Nada fora do comum. Finalmente chegou a hora do meu almoço e iria para casa. Ao chegar, percebi que algo não estava normal. Minha esposa estava preocupada. Um outro rapaz, um montador de móveis, também estava lá. Eu não consegui entender o que estava acontecendo. Até que minha esposa explicou a situação. Havíamos combinado de receber em casa um profissional para montar um móvel. O profissional cumpriu o combinado, mas quando chegou à residência notou o portão arrombado e aberto. Chamou e não foi atendido. Decidiu ligar para minha esposa e avisar sobre aquela situação. Preocupada, minha esposa pediu ao montador que entrasse na residência. Era uma casa de fundo, então era necessário passar por um longo corredor para chegar à porta. Ele assim fez e filmou o que encontrou: a porta arrombada e uma aparente bagunça. Minha esposa saiu do trabalho urgentemente e foi até o local. Pouco depois, eu havia chegado. Os ladrões levaram a minha televisão de 42 polegadas, um par de tênis, um vidro de perfume masculino, estojo de maquiagem e, acreditem, uma extensão elétrica (aquela tomada com um fio enorme). Por que os bandidos levaram uma extensão velha que custava menos de R$ 30? Não sei. Foram itens aleatórios e relativamente baratos, com exceção da televisão, é claro. Porém, a tristeza e o sentimento de insegurança foram inevitáveis. Não blasfemamos contra Deus, não reclamamos, não deixamos de nos reunir com a igreja. Ficamos de cabeça erguida e gratos a Deus por estarmos vivos e saudáveis, afinal de contas, é isso o que mais importa. Mas, no fundo, eu me perguntava: “por que, Senhor?”. Isso é comum nestes momentos. Na maioria das minhas orações eu orava principalmente pela proteção das nossas vidas e daquela casa. É nestes momentos que nos perguntamos se Deus realmente ouve as nossas orações. Sim, Deus ouve. Deus nos usou nessa situação e fomos muito tratados neste tempo. Alguns irmãos nos disseram como foram edificados ao ver o nosso comportamento diante daquilo tudo. Perceberam como ter Jesus é o suficiente enquanto o material é apenas passageiro mesmo. Mas não foram somente os irmãos que foram tocados. Secretamente a igreja estava se mobilizando para nos presentear com uma televisão nova. O Brasil estava ainda passando por uma crise financeira. Este furto ocorreu em 2018. A economia não ia muito bem naqueles dias. Mesmo assim, irmãos cheios do Espírito Santo estavam prestes a nos abençoar grandiosamente. Quando descobrimos o plano secreto, fomos edificados e percebemos o quão importante é viver em união, amar e ser amado. No entanto, tudo aconteceria de maneira diferente do planejado. A televisão roubada estava com o aplicativo Netflix instalado. Além disso, a minha conta estava memorizada e abria automaticamente junto com o programa. Como um passo de esperança, decidimos não cancelar a conta para ver se os bandidos acessariam a conta sem perceber e revelariam a sua localização (sim, isso é possível através da Netflix e de vários outros programas). Dito e feito. Cerca de 1 mês após o furto, minha esposa percebeu que havia outra pessoa utilizando a nossa conta. Imediatamente fomos até a delegacia. Parecia que conseguiríamos nossa televisão de volta. Porém, chegando lá tomamos um balde de água fria. O delegado, simpático e sincero, nos disse que haviam muitos casos como aquele e devido à realidade do nosso país dificilmente conseguiríamos alguma coisa. Saímos da delegacia chateados. Mas Deus sabe como mexer as peças. Minha esposa tinha uma forte amizade com uma escrivã da polícia. Ela seria nosso último recurso. Fomos até ela e minha esposa apresentou o caso. A escrivã rapidamente contatou outros nomes respeitados dentro da polícia e pediu atenção. A situação então tomou outro rumo. Enquanto alguém assistia a série Vikings (a própria Netflix nos informava) em nossa tv, a polícia investigava a possível localização. Tentaram primeiro uma residência suspeita, todavia nada encontraram. Chegamos a pensar que não teríamos nossa querida televisão novamente. Ao crepúsculo do dia posterior, fomos surpreendidos. Um dos policiais mandou uma foto e era ela, a nossa televisão furtada. Que alegria inexplicável! Quantas pessoas em nosso país conseguem ter um objeto recuperado? Pouquíssimas… ainda mais nestas circunstâncias. Sim, Deus permitiu que a nossa casa fosse furtada. Ele anteviu tudo o que iria acontecer e foi do agrado Dele que acontecesse. Irmãos foram edificados, nós fomos edificados! E a televisão que iriam dar para nós? Outro irmão foi abençoado em nosso lugar. Todos saíram ganhando… menos os bandidos e o indivíduo que comprou nossa tv furtada. Deus é assim, raramente faz aquilo que prevemos que Ele faça. Ele nos surpreende sempre. Ele não vê somente a situação, mas a linha do tempo inteira. Enquanto estamos sofrendo no presente, Ele nos vê sorrir no futuro. Esta é a Sua forma de agir. Jamais blasfeme, reclame ou abandone a caminhada. Você não faz ideia do que Deus reserva para o seu futuro.

Deixar uma resposta