Você Sofre Com as Crises Existenciais? Sabe o Que São?

Muito se fala sobre o tão famoso vazio existencial, mas nem todos sabem o que é e como funciona. Em suma, a vida perde sua beleza, o mundo perde suas cores e nada mais parece fazer muito sentido. Há uma solução para tal situação. Durante meu primeiro ano da faculdade de psicologia (2012), comecei a lidar com as minhas primeiras crises existenciais. Elas não tinham hora para chegar. Surgiam como pancadas inesperadas e eram capazes de me levar ao chão. Por anos travei lutas ferrenhas contra estas crises. Mesmo sendo cristão desde cedo, isto é, mesmo acreditando em Jesus e na salvação dos pecadores como eu, uma tristeza esporádica e inexplicável invadia a minha alma e suscitava dentro de mim questões acerca da minha existência. – Por que eu existo? – Para que existo? – Minha vida tem sentido? – Qual é o propósito de tudo isto? Chamamos de vazio existencial essa aparente falta de sentido na própria existência. Daí surgem as crises existenciais, ou seja, confusões acerca do existir que resultam nos mais variados tipos e níveis de emoção. Por mais que eu tentasse vencê-los, frequentemente eu falhava na hora de dar respostas para meus próprios pensamentos. Foram lutas árduas… mas tiveram um fim! Encontrei finalmente um propósito de vida. Alguns se apoiam na ciência. Outros no esporte. Alguns levantam bandeiras e dão o sangue por ideologias. Eu, Danilo, encontrei um alvo: ser como Jesus. Meu alvo tornou-se ser obediente à vontade do Pai até a morte, amando o Senhor acima de todas as coisas e o meu próximo como a mim mesmo. “Mestre, qual é o mandamento mais importante da lei de Moisés?”. Jesus respondeu: “‘Ame o Senhor, seu Deus, de todo o seu coração, de toda a sua alma e de toda a sua mente’. Este é o primeiro e o maior mandamento. O segundo é igualmente importante: ‘Ame o seu próximo como a si mesmo’. Toda a lei e todas as exigências dos profetas se baseiam nesses dois mandamentos”. – Mateus 22:36-40 Deus usou irmãos preciosos para me mostrar que Jesus não me deu a vida por nada, pois a minha existência tem um propósito. E qual é o propósito do Senhor para Seus filhos? Uma família de muitos filhos semelhantes a Jesus para a glória de Deus. E sabemos que Deus faz todas as coisas cooperarem para o bem daqueles que o amam e que são chamados de acordo com seu propósito. Pois Deus conheceu de antemão os seus e os predestinou para se tornarem semelhantes à imagem de seu Filho, a fim de que ele fosse o primeiro entre muitos irmãos. – Romanos 8:28,29 Não vivo mais como um grão de areia solto no universo. Encontrei a Luz! Tenho um alvo, uma missão a ser completada. Para aqueles que estão em Cristo pela fé, a vida eterna já começou… e a Palavra nos explica o que é a vida eterna: E a vida eterna é isto: conhecer a ti, o único Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo, a quem enviaste ao mundo. – João 17:3 Aleluia!

Deixar uma resposta