25 Técnicas Para Aprimoramento da Memória

Leia gratuitamente três livros por mês através do aplicativo do autor (Android).

Iniciaremos pela memória, pois esta é uma das ferramentas mentais mais usadas pelo homem. Usamos a memória no trabalho, nos afazeres do lar, nos relacionamentos interpessoais e etc. Uma boa memória pode abrir portas (e até trazer uma promoção na empresa, quem sabe?).

A memória, assim como qualquer outra capacidade mental, é um verdadeiro mundo a ser explorado. Para termos um noção básica, vamos entender os três tipos de memória:

Memória de longo prazo: é a memória que guarda com maior eficácia as informações, sendo capaz de recuperá-las mesmo após bastante tempo (dias, meses e até anos). Quando você se lembra do nome do seu bisavô que faleceu há décadas, podemos afirmar que esta informação estava armazenada na memória de longo prazo.

Leia também: Vencendo a Procrastinação Através da Metanóia

Memória de curto prazo: é a memória que guarda temporariamente informações e logo as descarta (ou as armazena no inconsciente por longos períodos, de acordo com os defensores da psicanálise). Memorize o número 918273 agora. Você se lembrará dele por alguns minutos, talvez horas, mas amanhã provavelmente não conseguirá mais se recordar dele. Temos então um exemplo da memória de curto prazo.

Memória sensorial: esta seria, grosseiramente falando, a “porta de entrada” das memórias. A memória sensorial é focada nas sensações relacionadas aos sentidos (visão, audição, tato, paladar e olfato). Ela percebe os estímulos sensoriais, analisa as informações e, caso a informação tenha alguma relevância, transfere a informação para a memória de curto ou longo prazo. Vamos supor que o indivíduo tenha medo de aranhas. O mesmo vê uma aranha na parede, sua memória sensorial entende que o estímulo é importante (aranha = perigo, de acordo com a memória), e no mesmo instante, transfere a imagem para as outras memórias.

Conheçamos as atividades indicadas para aprimorar a memória.

Leia também: Linguagem Corporal da Cabeça e dos Olhos

# Atividade 1 – Jogos

Alguns jogos treinam especificamente a memória. Pelo menos 30 minutos diários de jogatina trarão melhora perceptível à memória. As atividades:

  • quebra-cabeças;

  • palavras cruzadas;

  • Genius;

  • jogo da memória;

  • Perfil.

# Atividade 2 – Reprodução

O ato de reproduzir é tecnicamente muito simples, mas exige boa memória. Este exercício pode ser inicialmente dificultoso, porém, seus efeitos são significativos. As atividades:

  • ler um livro e depois resumi-lo sem lê-lo novamente;

  • assistir uma série e resumir algum episódio passado;

  • assistir um filme e anotar o maior número de detalhes possível após terminá-lo sem revê-lo;

  • observar um quadro e tentar reproduzi-lo sem o ver novamente;

    Participe agora mesmo do canal do autor no Telegram para participar dos sorteios semanais!
  • ouvir uma história e contá-la a alguém da forma mais fiel possível;

  • ouvir uma música somente uma vez e reproduzir a sua letra com fidelidade.

# Atividade 3 – Lembrar forçadamente

Esta atividade vai obrigar seu cérebro a recuperar algumas informações. Trata-se sobre preparar uma situação proposital para que a memória entre em ação. As atividades:

  • observar uma lista e depois relembrá-la;

  • fechar os olhos e percorrer um caminho memorizado pela casa;

  • visualizar mentalmente o trajeto de sua casa para algum lugar na cidade;

  • lembrar o sobrenome de vários conhecidos;

  • lembrar a data de aniversário dos familiares;

  • lembrar as refeições dos dias anteriores (almoço e janta);

  • observar a foto de um artista e depois lembrar quais eram suas vestimentas;

  • memorizar frases famosas / versículos e depois recitá-los.

# Atividade 4 – Estudar

O estudo é um dos maiores estimulantes mentais. A leitura, principalmente, nos leva a imaginar, raciocinar e memorizar. Outras formas de estudo também são válidas para aprimoramento da memória (vídeos, imagens, podcasts, etc.). As atividades:

  • lembrar o máximo de detalhes em relação ao que foi estudado;

  • lembrar o nome das pessoas que são referência no assunto;

  • resumir em texto o que foi estudado, seja no papel ou virtualmente;

  • explicar para outra pessoa o que foi estudado;

  • recitar o mais fielmente possível trechos importantes do texto que foram lidos ou ouvidos;

  • estudar algum instrumento musical e reproduzir músicas.

Trechos do livro: Turbine Suas Capacidades Mentais

Conheça os testes gratuitos para descobrir seu temperamento, medir sua ansiedade, etc.

4 comentários

    • Olá, tudo bem? Para adquirir o e-book, basta visitar a categoria de livros gratuitos da loja. Você também o encontrará facilmente através do aplicativo “Danilo H. Gomes”. Grande abraço!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *