Distorções Negativas Tornam Tudo Perigoso

A sua forma de ver o mundo ira reger seus sentimentos. Quando estamos recebendo distorções negativas da realidade, tudo torna-se perigoso. Já experimentou caminhar pelas ruas em um dia bem quente de verão? Não é uma experiência muito agradável, obviamente, mas há algo muito interessante que podemos observar nestes dias, algo parecido com as Distorções Negativas. Percebeu como as imagens a uma certa distância de nós ficam distorcidas? Não entrarei em detalhes científicos sobre o porquê deste fenômeno. Usaremos isto apenas como analogia. ► Leia também: É Pecado Estar nas Redes Sociais? Quando observamos alguma situação (e quando uso o termo “observamos”, neste caso, não me refiro ao ato de ver com os olhos físicos, mas sim com os olhos da alma), automaticamente as informações disponíveis passam por uma série de “funis” até encontrar uma conclusão entre nossos pensamentos. Porém, em muitos e muitos casos, até as informações encontrarem um ponto final em nossas mentes, surgem enormes distorções que poluem, enfraquecem e/ou modificam a realidade. Estas distorções são chamadas de Distorções Cognitivas. Tome todo o cuidado do mundo em relação a estas distorções. Veja abaixo uma lista de distorções presentes no pensar de inúmeras pessoas e atente-se para saber qual destas têm te atingido. Leitura Mental Achar que sabe o que os outros pensam, sem ter evidências. Previsão do Futuro Fazer previsões somente negativas para o futuro. Catastrofização Acreditar que um acontecimento é terrível e insuportável. Rotulação Atribuir traços negativos que englobam a pessoa completamente. Desqualificação do Positivo Menosprezar aspectos positivos de si ou dos outros. Filtro Negativo Enxergar somente a faceta negativa da pessoa ou situação. Generalização Padrão global negativo baseado em um único evento. Pensamento Dicotômico Avaliar fatos e pessoas em termos de tudo-ou-nada. “Deveria” Enfatizar como as coisas deveriam ser em vez de perceber o que são. Personalização Atribuir somente a si a culpa por fatos negativos. Culpabilizar Considerar somente outra pessoa como fonte de suas emoções negativas. Comparações Injustas Estabelecer padrões irreais, comparando-se com níveis muito superiores. Lamentação Enfatizar exageradamente o que poderia ter feito ao invés do que pode fazer agora. E Se? Fazer mil e uma conjecturas “se isso ou aquilo acontecer” e nunca se dar por satisfeito e seguro. Incapacidade de Refutar Negar evidências que contradizem os pensamentos negativos. Julgamento Avaliar tudo em termos de bom-mau ou superior-inferior, exagerando nos julgamentos. Referências: Livros Terapia Cognitiva da Depressão de Aaron Beck e Técnicas de Terapia Cognitiva: manual do terapeuta de Robert Leahy. O homem paciente dá prova de grande entendimento, mas o precipitado revela insensatez.
– Provérbios 14:29

Deixar uma resposta