Em Qual Ordem Devo Ler os Livros Bíblicos?

É tão bom ver novas pessoas se apaixonando por Jesus! A sede por sabedoria dos neófitos é exemplar. É pensando nesta sede que decidi demonstrar a ordem ideal para ler os livros bíblicos (pelo menos na minha humilde opinião). A Bíblia é composta por 66 livros. Alguns são gigantes, outros medianos e outros são minúsculos, em relação ao número de páginas. (Aqui me refiro à Bíblia Protestante e não à Bíblia Católica.) Entre estes 66 livros há uma divisão, o que resulta em dois testamentos: o Velho Testamento e o Novo Testamento. Comumente encontramos novos cristãos lendo a Bíblia de capa à capa, ou seja, iniciam sua jornada em Gênesis e planejam seguir até o último versículo de Apocalipse. No entanto, por outro lado, é fácil ouvirmos falar a respeito de alguém que abandonou este plano de leitura. A principal alegação é que a leitura torna-se massante com o decorrer dos dias, principalmente quando se deparam com o livro de Levítico, por exemplo. Imagine ler um livro que fala basicamente sobre leis e rituais? Para complicar ainda mais, estamos falando de um livro grande. Sendo assim, qual seria a melhor ordem para ler as Escrituras Sagradas? Há uma maneira agradável e discorro sobre a seguir: Comece por Romanos O livro de Romanos é uma maravilha! Uma verdadeira “mão na roda”, como costumam dizer alguns interioranos paulistas. Este livro relativamente curto (16 capítulos) é um verdeiro resumo do evangelho. Isso mesmo! Romanos é o livro que resume a Palavra de Deus em sua essência. Paulo consegue, de forma estupenda, explicar a situação caótica do homem sem Deus, o sacrifício poderoso de Jesus e ainda nos deixa um bônus: conselhos atemporais para a Igreja. Sem sombra de dúvida, recomendo o livro de Romanos para os iniciantes na fé. Agora Conheça os Evangelhos Após compreender melhor quem é o homem e quem é Jesus, chegou o momento de conhecermos a história de Cristo enquanto homem. Jesus viveu 33 anos neste mundo e fez coisas grandiosas! Os feitos de Cristo foram tantos que nem mesmo 4 livros foram capazes de relatar 100% dos fatos acerca de Jesus (Jo 21:25). Todavia estes livros preciosos nos apresentam o amor, a graça e a sabedoria de Jesus, nosso Senhor. Quais livros são estes? São os quatro primeiros livros do Novo Testamento: Mateus, Marcos, Lucas e João. Conselhos aos Cristãos Já temos o evangelho resumido e a linda história vitoriosa de Jesus. Estamos quase chegando ao momento de mergulharmos no Velho Testamento. Porém, é de suma importância o conhecimento a respeito dos conselhos dos apóstolos para a Igreja. Antes de tudo, devo frisar: a Igreja somos nós… eu e você. E é para nós que estes apóstolos deixam registrado inúmeros conselhos relacionados à vida familiar, conjugal, ministerial, empresarial, enfim, todas as esferas da existência humana. Os livros são todos aqueles entre Atos e Apocalipse, ou seja, começam em Romanos (porém vamos supor que você já tenha o lido) até Judas (que não é o traidor, fique tranquilo). Por Fim, o Velho Testamento, a História da Igreja e o Final dos Tempos Agora sim você estará melhor preparado para entender o Velho Testamento. Ele inicia no livro de Gênesis e termina no livro de Malaquias. Seu conteúdo é muito edificante, repleto de histórias incríveis que revelam o tamanho do amor de Deus. Em relação à história da Igreja temos poucos registros. Eles estão todos presentes no livro de Atos. Fechamos o plano de leitura bíblica com Apocalipse que traz revelações fascinantes (e misteriosas) acerca do fim dos tempos. Creio que este simples plano de leitura possa te ajudar a se apaixonar cada vez mais por este maravilhoso manual de vida cristã. Boa leitura!

Deixar uma resposta